quinta-feira, 8 de março de 2012

Escuto e logo penso


Acho engraçado quando ouço alguém falar:
 – Vou formatar meu PC para instalar o Windows (qualquer versão)
Essas pessoas falam isso, como se fosse fácil e barato, comparando-se ao envio de um SMS para alguém.

Mas se engana, hoje em dia pode até ser fácil sua instalação, já que é possível encontrar na internet vários tutoriais e vídeos explicativos, porém para se instalar a versão Windows 7 Home Basic, a mas barata e básica da série, por exemplo, é necessário desembolsar cerca de R$ 329,00, mais R$ 199,00 para instalar a versão básica da suíte de escritório Microsoft Office, a Student, e caso queira fazer gravações e edições avançadas com o Nero, a versão 11 do aplicativo está na promoção, custando R$ 179,00 para adquirir a licença de uso do pacote básico (não inclui as patentes que o Nero usa em seu projeto).

Fez a conta? Pois é, os softwares que faz seu computador “funcionar” na maioria das vezes custa mais do que seu próprio computador. Isso se for para uso pessoal, caso esteja querendo usar para fins comerciais, como usar em sua empresa, aí são outros “tantos”...

Você pode está pensando agora:
– Tá, fiz isso com um “técnico” qualquer e só gastei R$ 40,00, para completar foram instalado vários outros aplicativos, tais como: jogos, editores gráficos e vetoriais, conversores, kits de edição multimédia, dentre outros.
Éh, então amigo(a), você foi ou está sendo enrolado/enganado. E pior ainda, infringiu ao menos umas 6 leis, saiba mais sobre o assunto nesse site http://pt.wikipedia.org/wiki/Pirataria_de_software

Está duvidando? Então sugiro que vá em uma loja especializada em equipamentos/suprimentos de informática e peça orientações. Observe os preços dos software, como eles são adquiridos e instalados em sua máquina (da forma correta).

Agora que ficou sabendo, você vai continuar com o erro, roubando e pirateando, ajudando a corrupção e a criminalidade do software?
Se positivo, lamento, pois sua dívida será grande demais no final das contas. Vá com Deus...
Se negativo, parabéns, fico feliz em saber que consegui “salvar uma alma”, literalmente. Então continue lendo...

Sei que para muitos é difícil legalizar o uso do seu computador, por questões diversas, entre elas:
  • Falta de instrução - Poucos sabem diferenciar uma informação correta da errada, principalmente na internet. Existem muitos sites com tutoriais, vídeos entre outros meios explicando como se instalar um aplicativo, por exemplo, mas o leigo, não sabe diferenciar o certo do errado;
  • Fatal de dinheiro - Pelo fato da maior parte dos casos, o software chegar a ser mais caro do que o próprio computador, muitos buscam soluções aparentemente mais acessíveis ao seu bolço.
Caso seu problema seja um desse dois (ou todos os) casos, se alegre, pois tenho uma solução!
Leia esse meu outro artigo e saiba como “andar na linha”.

Artigo: Como é fácil andar na linha!



Veja outros artigos da série:

Postar um comentário